Digite o que você procura:

Motovelocidade: equipe Alex Barros Racing estará no Superbike Brasil

Por: Rosana Pinto - 16-03-2016

Após duas temporadas no comando de uma Honda CBR 250, na categoria GPR 250 do Moto 1000 GP, o piloto cearense José Duarte vai disputar a categoria 500 cilindradas do Superbike Brasil, que está programado para começar no próximo dia 10 de abril (domingo), com a realização da etapa de São Paulo, em Interlagos.
 
Duarte segue junto com Alexandre Barros e será o único piloto da equipe Alex Barros Racing na categoria 500 cilindradas do Superbike. Aos 18 anos, Duarte acredita estar preparado para iniciar sua nova jornada, e se diz ansioso para ter seu primeiro contato com a nova moto. Já era hora de buscar um novo desafio. Precisava passar pela 250 cilindradas para aprimorar a pilotagem.

Neste último ano foi uma temporada bem disputada, onde me esforcei bastante para andar com pilotos mais jovens e leves, o que me levava a pilotar mais perto do limite. Espero me adaptar bem e vou fazer o que estiver ao meu alcance para tirar o máximo de rendimento possível", disse o piloto cearense, que vai pilotar a moto Honda CBR 500R.
 
José Duarte também comentou sobre a sua nova casa no motociclismo nacional. "Conheço o Superbike Brasil, e sei o quanto é forte a disputa em várias categorias. Terei de me esforçar muito para estrear bem, pois sei que lá tem excelente pilotos, e quero chegar para ser competitivo, não apenas para fazer número no grid", revelou.
 
Filho do também piloto Wagner Duarte, que o acompanha em todas as corridas, o cearense vai usar o número 97, o qual adotou desde o início da carreira. Seu pai espera uma evolução na nova categoria.
 
É um novo desafio pra ele. Estou otimista, mas precisamos treinar forte nesses 30 dias que faltam para o início da temporada do Superbike Brasil. Confio muito no meu filho, por isso, aprovei a decisão do Alexandre em promovê-lo a uma categoria com motos de maior potência. O fato de também ser piloto, embora esteja sem competir, ajuda a compreender isso. Não vou alimentar ilusões, mas vou sonhar junto com ele e incentivá-lo cada vez mais. Será um novo ciclo para ele, para mim, para o Alexandre Barros e toda a equipe, entramos nessa para fazer nosso papel da melhor forma", salientou Wagner.



Buscar outras notícias:


Leia mais






É expressamente proibido a cópia ou utilização de textos ou imagens do site www.piritubaweb.com.br sem autorização por escrito.
Lei nº 9.610 de 19/02/1998