Digite o que você procura:

Prefeitura lança consulta pública para expansão do Programa WiFi Livre SP

Por: Rosana Pinto - 23-11-2015

A Prefeitura de São Paulo lançou na semana passada consulta pública para a expansão do Programa WiFi Livre SP, que oferece internet gratuita em 120 parques e praças da capital paulista.
 
A proposta de expansão visa levar a iniciativa a 120 novos pontos, em parceria com a iniciativa privada. O modelo de negócios em estudo prevê que os parceiros possam expor sua marca nos locais e ofereçam como contrapartidas intervenções para a requalificação dos espaços, sem transferência de recursos públicos. Várias empresas, entre elas companhias telefônicas e instituições bancárias, já consultaram a Prefeitura sobre a possibilidade de adotar espaços WiFi Livre SP na cidade.
 
Os novos pontos deverão contemplar ao menos uma localidade por subprefeitura, priorizando as regiões com baixo acesso à internet. Essas diretrizes mínimas serão complementadas com informações coletadas na consulta pública, que estará disponível por meio da plataforma gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/wifi e ficará aberta pelo período de 45 dias.
 
A população poderá contribuir com sugestões de locais (mandando inclusive fotos desses endereços), além de opinar sobre iniciativas e equipamentos que permitam o melhor aproveitamento do espaço público. Também será permitido o cadastro voluntário de agentes promotores de intervenções urbanas interessados em participar do projeto. A consulta pública garantirá ainda o envolvimento da iniciativa privada nas discussões sobre o modelo de parceria. 
 
A plataforma para a participação popular foi desenvolvida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU). A expansão do Programa WiFi Livre SP é coordenada pela Secretaria de Serviços em parceria com diversos órgãos da administração municipal, entre eles as secretarias do Verde e Meio Ambiente e de Coordenação das Subprefeituras, que darão apoio na priorização e gestão dos parques e praças que receberão a iniciativa.
 
Após o período de consulta pública e a definição das localidades prioritárias para a expansão, um projeto piloto deverá ser implantado em janeiro de 2016, com ao menos dez novos espaços WiFi Livre SP, por meio de um chamamento público para instalação e gestão do sinal de internet grátis. A última etapa, abrangendo as demais localidades, deverá ser executada ao longo do primeiro semestre do próximo ano.

Implantado em janeiro de 2014, o Programa WiFi Livre já está presente em 96 distritos e nas 32 subprefeituras da cidade, oferecendo uma velocidade de conexão individual e efetiva de 512 Kbits/s. Mensalmente, são realizados 2,5 milhões de acessos, com média de 20 mil acessos em cada uma das praças.



Buscar outras notícias:


Leia mais






É expressamente proibido a cópia ou utilização de textos ou imagens do site www.piritubaweb.com.br sem autorização por escrito.
Lei nº 9.610 de 19/02/1998