Digite o que você procura:

Outubro é o mês de conscientização e prevenção do câncer de mama

Por: Rosana Pinto - 06-10-2015

O câncer de mama é hoje o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo. Porém, quando diagnosticado e tratado precocemente as chances de cura aumentam de forma expressiva.
 
Apesar de fundamental, o auto exame das mamas não deve ser o único meio de diagnostico precoce, a mamografia é fundamental para um diagnostico completo e mais eficaz. Os especialistas recomendam que mulheres entre 50 e 69 anos realizem mamografia a cada 2 anos acompanhando do exame clinico anual, já para as mulheres de 40 a 49 a recomendação é a realização do exame clinico anual, e a mamografia quando surgir alguma alteração.
 
Para as mulheres que encontram-se na classe de risco elevado, deverá iniciar os exames aos 35 anos de idade. Encontram-se nessa classe de risco: Mulheres com histórico familiar de câncer de mama de primeiro grau antes dos 50 anos, câncer bilateral (quando existe a presença de nódulos nos dois seios) ou de ovário em qualquer idade; e histórico familiar de câncer de mama masculino entre outros sinais. Mantenha-se hábitos de vida saudável e sempre consulte um médico com periodicidade.
 
Na região - Oito Unidades Básicas de Saúde (UBS) da Coordenadoria Regional de Saúde Norte (CRSN) tiveram seus relatórios e ações de monitoramento premiados pelo Sindicato da Saúde e  Fundação Susan G. Komen. O reconhecimento foi fruto da participação das unidades, durante o primeiro semestre do ano, no curso de sensibilização para auxiliares de enfermagem sobre a prevenção do câncer de mama. 
 
A entrega dos prêmios a dez unidades básicas selecionadas pela elaboração dos melhores relatórios, com ações de monitoramento, ocorreu no Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos e Serviços de Saúde de São Paulo. Entre as unidades premiadas oito são da CRS Norte: UBS Cruz das Almas, Parque Maria Domitila, Jardim das Pedras, Vila Albertina, Vila Pirituba, Jardim Brasil, Vila Dionísia e Dr. José Toledo Piza.
 
Para chegar às dez premiadas a organização do curso selecionou 24 unidades com as melhores ações dentro das UBS, seguindo duas etapas para a seleção das melhores. Na primeira, houve uma avaliação por parte de três professores do Curso e de dois técnicos do projeto. Na etapa posterior, os trabalhos foram avaliados por uma comissão julgadora, composta por membros do COREN/SP, da Fundação Oncocentro de São Paulo e da Representante da Rede de Oncologia.
 
Programa
 
A capacitação faz parte do Programa Saúde da Família na Luta Contra o Câncer de Mama, da Fundação Susan G. Komen, uma das mais respeitadas entidades internacionais e que se dedica, há décadas, à luta contra o câncer. A ação de parceria consiste na sensibilização e capacitação dos  auxiliares de enfermagem que atuam no Programa Saúde da Família (PSF/ESF). São incorporados, posteriormente, auxiliares das unidades tradicionais, levando a elas informações qualificadas sobre o assunto.

Após a realização da capacitação, houve a elaboração de relatórios pelos participantes do curso voltado às ações educativas de monitoramento das mamografias alteradas e da fila de espera para a realização de mamografia nas UBS.



Buscar outras notícias:


Leia mais






É expressamente proibido a cópia ou utilização de textos ou imagens do site www.piritubaweb.com.br sem autorização por escrito.
Lei nº 9.610 de 19/02/1998